Out 24

Servidores debatem desmonte da Assistência Social

Durante o encontro com o chefe do Executivo, os servidores avaliaram a possibilidade de corte no orçamento do SUAS como um retrocesso.

O corte orçamentário da Assistência Social para 2018 foi debatido pelo prefeito Ozéas da Silva Campos e servidores municipais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social durante encontro no dia 10 de outubro. Participaram as equipes técnicas de toda rede socioassistencial do município e programas como o PAIF, PAEF, CRAS e CREAS, além de conselheiros municipais de Assistência Social.

A reunião foi solicitada pelos servidores após o Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) veicular notícia do corte de até 98% do orçamento destinado ao Sistema Único de Assistência Social (SUAS), informação confirmada pela secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, em artigo publicado no Jornal Hoje em Dia sobre o desmonte de direitos dos usuários da assistência social de todo o país, que vêm sendo promovido pelo Governo Federal

Durante o encontro com o chefe do Executivo, os servidores avaliaram a possibilidade de corte no orçamento do SUAS como um retrocesso significativo nos direitos sociais de toda a população usuária do sistema, assim como, de todos os trabalhadores e trabalhadoras do SUAS.

Ao final da reunião, o prefeito Ozéas reiterou a importância da mobilização dos profissionais contra o corte do orçamento do Governo Federal que poderá comprometer o funcionamento de vários equipamentos da Assistência Social e garantiu buscar apoio junto aos parlamentares da sua base de apoio (deputados e senadores) no sentido de lutar pela garantia de direitos dos usuários do SUAS e por orçamentos que visem a manutenção do sistema e de seus trabalhadores e trabalhadoras.

Notícias mais lidas